Aprendiendo a usar los blogs

desarrollando contenidos para nuestro entorno

Las Misiones…

Posted by buson en octubre 5, 2004

Tomado de:
http://www.pantanal-ms.com.br/pantanal2/ch_provinciajesuitica.html

A fundação das reduções itatins marcou o apogeu do Estado Teocrático, formado pelos missionários jesuítas que representaram o papel de elite governativa. A presença dos filhos de Santo Inácio de Loyola, os famosos jesuítas, em Mato Grosso do Sul constituíram-se, por si só, uma das páginas marcantes da história regional.
O Padre Nóbrega, provincial dos jesuítas portugueses, em 1549 acalentara o sonho de enviar a Assunção sacerdotes da sua província para catequizar os silvícolas daquela região que pertenciam ao seu rebanho espiritual.
Dom Hernandes escrevera ao Rei Felipe de Espanha, acon-selhando a remessa de jesuítas, pois acreditava estes serem os mais indicados para a conquista dos Guarani.
As crônicas jesuíticas do Paraguai registram a presença de Fields e Ortega na província espanhola de Guairá, no hoje estado brasileiro do Paraná, sendo que Ortega ali permaneceu na faina missionária por 12 anos.

Foram os missionários jesuítas espanhóis que mais tarde se inscreveram na história de Mato Grosso do Sul com a sua atuação, primeiro em Guará e depois na província de Itatim. A província perdurou por quase 30 anos e sua localização era ponto de apoio para os espanhóis na conquista das regiões amazônicas e das minas de prata do Peru, além do Brasil. A capital era Vila Rica do Espírito Santo,localizada em território do Paraguai entre a foz do rio Iguaçu e a cidade de Assunção.
Os Jesuítas tentaram aproximação com os povos Guaicuru e Paiaguá, não conseguindo catequizá-los. Porém estes encontravam nos Jesuítas proteção e apoio.

A província de Itatim era freqüentemente visitada pelos bandeirantes de São Paulo à caça de braço indígena.
Enquanto os missionários jesuítas estavam no sertão contra os bandeirantes tentando conservar as suas reduções, a Companhia de Jesus enfrentava na Europa e no Paraguai momentos difíceis de ordem política.
Posteriormente abandonada, a Província de Itatim, famosa república teocrática de Mato Grosso do Sul, teve o seu território invadido por tribos Chaquenhas, principalmente o temível e traiçoeiro Guaicuru.

Anuncios

Responder

Por favor, inicia sesión con uno de estos métodos para publicar tu comentario:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s